Tabela de valor nutricional do Alho, cru

Curiosidades:
História: As origens do alho remontam a cerca de 6.000 anos, ou até mais, se pensarmos na visão maometana de Satã a ser expulso do Paraíso, com cebolas a brotar da pegada direita e alho da esquerda.

Em verdade, há imprecisão e controvérsias na definição da origem do alho, que pode ter sido a Europa mediterrânea ou o continente asiático. A maioria dos estudos indica a Ásia como local de origem do alho. Julga-se que tenha surgido no deserto da Sibéria, que tenha sido levado para o Egito por tribos asiáticas nômades, dali tenha seguido para o extremo oriente através das rotas do comércio com a Índia, e depois tenha chegado à Europa.

Para todas as culturas, seja a indiana, a egípcia, a grega, a hebraica, a russa ou a chinesa, o alho era um elemento quase tão importante quanto o sal. O que ditou a diferença de importância foi a rejeição pelas classes mais altas, em razão do odor da planta. Nos cultos de alguns deuses gregos era vetada a entrada de pessoas recendendo a alho. Mais tarde, continuaria rejeitado pela aristocracia e, em alguns casos, pelo clero, o que fazia deste vegetal um indicador de classe social. Era entusiasticamente apreciado como alimento e medicamento pelas massas, o que fez com que o escritor francês Raspail o apelidasse de “cânfora dos pobres”, esnobismo que se provaria equivocado ao longo do tempo.

Alho-cru

Imagem: Alho, cru

Abaixo veja a tabela nutricional

Tabela Nutricional

Alho, cru

Quantidade 100 gramas
Água (%) 67,5
Calorias (Kcal) 113
Proteína (g) 7,0
Carboidrato (g) 23,9
Fibra Alimentar (g) 4,3
Colesterol (mg) n/a
Lipídios (g) 0,2
Ácido Graxo Saturado (g) n/a
Ácido Graxo Saturado (g)Ácido Graxo Mono insaturado (g) n/a
Ácido Graxo Poli insaturado (g) n/a
Cálcio (mg) 14
Fósforo (mg) 149
Ferro (mg) 0,8
Potássio (mg) 535
Sódio (mg) 5
Tiamina (mg) 0,18
Riboflavina (mg) traços
Niacina (mg) *
Vitamina C (mg) *