Dicas de Como perder aquela barriguinha indesejada

Se houvesse uma estatística do local mais desejado para perder gordura, a área abdominal, provavelmente seria o vencedor absoluto. A gordura na barriga é incrivelmente comum e não é improvável ver que mesmo pessoas magras tem uma barriguinha que gostariam de se livrar.
Infelizmente, o desejo de perder a gordura somente da barriga. Ter um o abdomen pequeno e pernas gordas não é natural, por isso mesmo que você gostaria de fazer essa compensação, a estrutura do corpo humano não vai permitir isso. Se você tiver excesso de gordura corporal, o lugar mais provável que você vai começar a armazená-la é na sua barriga, por isso mesmo se você não tiver gordura em outras áreas, a reserva de gordura vai ficar no seu estômago. A menos que você não tem gordura corporal em todo o corpo.
A gordura na barriga é uma das mais fáceis de ganhar – um grande jantar antes de ir para a cama é o suficiente para ganhar gordura na barriga. Se após o um grande jantar você passar alguns dias em sua dieta normal e não comer grandes quantidades de alimento, os efeitos negativos do grande jantar não vão ficar por muito tempo. Mas se você continuar a violar os seus hábitos alimentares saudáveis, sucessivamente, a gordura continuará a acumular. Assim, se livrar da gordura recente na barriga é mais fácil do que se livrar da gordura que foi acumulada ao longo de décadas. Além disso, a barriga é o lugar,  é o primeiro lugar onde o stress está relacionado com acumulo de gordura.
A estrutura do seu corpo determina muito a forma de como você pode perder a gordura da barriga. Geralmente as mulheres têm gordura, tanto por sua barriga e nas coxas, por isso quando você começa a perder gordura, em ambos os lugares. A estrutura, que é mais típico dos homens é de pernas finas e uma barriga grande da cerveja. Não é verdade que estas barrigas são originárias de beber tanta cerveja, apesar de que seu consumo, certamente contribui para o seu tamanho. Se a sua estrutura corporal é assim, então talvez não seja capaz de alcançar uma barriguinha de tanquinho, não importa o quão duro você tente. Bem, isto não significa que você deve permanecer como está, porque além de suas deficiências estéticas, esta estrutura é desfavorável do ponto de vista de saúde – é considerada como um fator de risco para doenças cardíacas.

dicas para perder barriga

dicas para perder barriga

No entanto, não importa qual é a sua estrutura de corporal, o primeiro passo para perder a gordura da barriga é diminuir a quantidade de alimento e, em especial o açúcar. A água é uma questão controversa por causa de um lado a água ajuda a dissolver as gorduras, por outro – quando o estômago está cheio, você está mais gordo, mas o mais aconselhável é nunca tentar limitar o consumo diário de água. Poderia ser uma tentação a sua barriga parecer tão pequena quando você não bebe água, mas os riscos de desidratação tornam absolutamente indigna.

Outra dica para fazer dieta,  que é especialmente importante para perder a gordura da barriga é comer porções pequenas, mas com freqüência. Fracione bem a dieta – O sistema digestivo não consegue processar um grande volume de alimento ingerido de uma só vez. O ideal é fazer refeições pouco volumosas e de baixo valor calórico até 6 vezes ao dia. Evite os alimentos formadores de gases – refrigerantes, feijão, frituras, pão, queijo e enlatados, carne vermelha, embutidos como lingüiça, presunto, salame e salsicha. Aumente o consumo de alimentos diuréticos – erva doce, salsão, coentro, berinjela e endívias, alho, limão, noz-moscada, cebola, salsa, hortelã; abacaxi, melancia, maracujá e chá: em especial, chá de salsa: acrescentar algumas folhinhas de salsa à água quente, adoçar ou não com adoçantes. E chás de ervas ( gengibre/ canela / cardamomo: fazer um MIX dos ingredientes e acrescentar água que ferveu) ou frutas. Da mesma forma a água, mas com a diferença de que não há nada de positivo nisso, comendo um monte de uma vez faz você parecer mais gorda porque quando o alimento ainda está em seu abdômen, sua barriga se parece com uma protuberância. Além disso, quando você come pequenas porções, é mais provável que o seu organismo não vai criar novas reservas de gordura, quanto maior o intervalo entre as refeições maior a chance de se acumular reservas de gordura para utilizar durante este tempo como forma de energia.
Alimentos que favorecem uma barriga de tanquinho:

· As fibras insolúveis associadas a uma ingestão adequada de líquidos permitem que o intestino funcione de forma regular evitando que a barriga fique dilatada e dolorida (são eles: farelo de trigo não processado ou farelo de arroz, cereais integrais, pão Integral; legumes/ervilha, vagem e nozes; raízes incluindo batata e cenoura; verduras como o espinafre; maçã, laranja e outras frutas. No entanto, as fibras são decompostas pelas bactérias do intestino e o organismo leva um tempo para se acostumar com isso. Assim, introduza-as devagar nas refeições.
Os alimentos diuréticos também contribuem para diminuir a retenção hídrica diminuindo o inchaço (chás, suco de limão, melancia, morango, abóbora, agrião, beterraba, cenoura, escarola, folhas de beterraba, repolho, salsinha, tomate, broto de feijão, pepino.

Muito se tem falado e escrito sobre a eficácia dos exercícios para perder a barriga. É consenso que a prática de exercícios abdominais ajuda na tonificação dos músculos da região, mas há dúvidas se eles funcionam realmente como exercícios para perder a barriga ou como simples exercícios para emagrecer.

Exercícios para Perder a Barriga ou Exercícios para Emagrecer?

De uma coisa não podemos duvidar: a prática de exercícios abdominais é, como qualquer outro exercício, benéfica para o corpo humano. Com o exercício queima-se calorias, perde-se peso, independentemente de tratar-se de exercícios para perder a barriga ou não.

Na teoria e na prática, vê-se que a prática de exercícios abdominais não ajuda diretamente na perda da barriga. Ou seja, não deve-se engajar em um programas de exercícios abdominais em busca de um método de como perder gordura localizada, visto que nosso corpo não funciona desta forma.

Assim, os exercícios para perder a barriga — como os exercícios abdominais — não devem ser encarados como solução final para se “queimar gorduras” depositadas no abdômen.

Porém, como qualquer exercício, sua prática contribui na queima global de calorias que leva a redução da gordura, com a conseqüente diminuição da barriga.

Como Praticar Exercícios Abdominais

Isto posto, veja abaixo algumas dicas para a prática de exercícios abdominais:

  • Não execute o exercício com as pernas estendidas, senão você estará forçando sua coluna lombar, o que poderá causar uma lesão séria.
  • Mantenha os seus pés livres! Não os prenda, do contrário corre-se os mesmos riscos apontados no item anterior
  • Não coloque a mão na nuca para não forçar as articulações e músculos cervicais.
  • Apenas uma pequena levantada da cabeça é suficiente para trabalhar os músculos

Lembre-se sempre: a prática incorreta de exercícios abdominais (ou quaisquer outros exercícios para emagrecer) podem trazer severos danos a sua saúde. O recomendável é, como sempre, procurar um profissional experimentado para orientá-lo.

Mas se você é um atleta e quero perder toda a gordura da barriga, você não pode fazer isso sem ir regularmente para academia. Logo depois que você começa a perder a gordura da barriga, você vai descobrir que os primeiros quilos perdidos da sua barriga é a fase mais fácil, enquanto que o mais difícil é perder os últimos quilos que ai vai anos. A menos que você é um fisiculturista determinado, manter apenas um pouco de gordura na barriga não é um motivo para ser infeliz.