Cl – Óleo de Cártamo


O óleo de Cártamo é um anti-oxidante natural que possui propriedades que podem acelerar o metabolismo das gorduras, auxiliando assim, no controle da obesidade.

Estudos indicaram que esse óleo de cártamo contém substâncias que atuam obrigando o organismo a usar a gordura acumulada como combustível contribuindo para uma maior eliminação de gordura.

oleo-de-cartamo-clIsso acontece porque seus nutrientes conseguem inibir a ação de uma enzima específica (LPL- Lípase Lipoproteica).
A enzima LPL tem como função transferir a gordura presente na corrente sanguínea para o interior das células adiposas, responsáveis por armazenar a gordura corporal e que compõem o tecido adiposo do corpo humano. Quanto maior e mais intensa a atividade desta enzima maior quantidade de gordura é armazenada dentro das células adiposas e, como conseqüência, a pessoa engorda. Portanto, os nutrientes do óleo de Cártamo, tem a capacidade de bloquear da ação da LPL, o que obriga o organismo a utilizar o estoque de gordura já existente como fonte de energia gerando a chamada lipólise, que é a queima de gordura.

Óleo de Cártamo (Carthamus tinctorius L. é altamente ramificada, herbáceas, cardo-como anuais, geralmente com muitos espinhos acentuada nas folhas. As plantas são de 30 e 150 cm de altura com flores globulares cabeças e comumente, brilhante amarelo, laranja ou vermelho flores que florescem no mês de Julho. Cada ramo normalmente irá ter a partir de uma flor de cinco cabeças contendo 15 a 20 sementes por cabeça.
Cártamo tem uma forte raiz ereta que lhe permite prosperar em climas secos, mas a planta é muito suscetível à geada lesão de tronco alongamento à maturidade.

Usos

Tradicionalmente, a cultura foi cultivada por suas sementes, e utilizados para coloração e aromatização alimentos, de medicamentos, e que torna vermelho (carthamin) e corantes amarelo, especialmente antes de mais barato anilina corantes tornou disponível. Durante os últimos cinquenta anos ou mais, a planta foi cultivada principalmente para os óleos vegetais extraídos de suas sementes. Em Abril de 2007, foi comunicado que geneticamente modificados cártamo, foi criado para criar insulina.

Óleo de Cártamo é insípido e incolor, e nutricionalmente similares ao óleo de girassol. É usado principalmente como um óleo de cozinha, em molho para salada, e para a produção de margarina. Também pode ser tomado como um suplemento nutricional. INCI nomenclatura é Carthamus tinctorius.

Cártamo flores são por vezes utilizados na cozinha como um substituto mais barato para o açafrão, e são, portanto, por vezes referido como “açafrão bastardo”. Cártamo sementes também é muito comumente utilizado como uma alternativa ao girassol sementes em birdfeeders, como esquilos não gostam do sabor dela.

A empresa farmacêutica SemBioSys está usando cártamo plantas transgênicas para produzir a insulina humana como a demanda mundial para a hormona cresce. Cártamo-derrived insulina humana está actualmente no PI / II ensaios sobre cobaias humanas. Phillip Stephan, SemBioSys Genetics Inc, produto boletim junho 2008. Existem dois tipos de cártamo que produzem diferentes tipos de petróleo: uma alta em monoinsaturados ácidos graxos (ácido oléico) e os outros em alta poliinsaturados ácidos graxos (ácido linoléico). Atualmente, o mercado petrolífero é predominante para a antiga, que é menor do que nos satura azeite, por exemplo. Cártamo óleo também é utilizado na pintura no local de óleo de linhaça, principalmente com o branco, pois não têm a tonalidade amarela que possui óleo de linhaça. Lana é uma cepa de cártamo que cresce no sudoeste do Estados Unidos, mais notavelmente Arizona e Novo México.

Óleo de Cártamo – A palavra carthamus deriva do hebraico kartami, que significa tingir. Provavelmente originário da Ásia e África, é conhecido desde a Antiguidade como fonte de um corante amarelo utilizado em culinária (daí a designação de ‘açafrão bastardo’) e outro vermelho, a ‘cartamina’, ainda hoje muito utilizado no Sudoeste Asiático para tingir a seda. Sendo atualmente uma cultura importante na Índia, é também cultivado um pouco por todo o mundo.

É uma planta oleaginosa ,anual, altamente adaptada ás condições de semi-aridez, que já era cultivada na Ásia antes da Era Cristã. Os povos antigos cultivavam-na para extraírem de suas flores tintas vermelha e amarelas, que eram usadas para tingir tecidos de algodão e seda, e como corantes para uso culinário. A cartamina, substância alaranjada e insolúvel em água, é o corante mais importante extraído das flores desta planta.
Atualmente, o cártamo é cultivado como planta oleaginosa ,sendo os principais produtores mundiais a China , Egito , Estados Unidos , Índia , México e Rússia. As sementes desta espécie possuem elevados teores de óleos ( 35 a 40% ) de ótima qualidade, tanto para consumo humano, como para uso industrial. O óleo de cártamo encera altos teores de ácidos linoléico (70%) e oléico (20%) e baixa porcentagem de ácido linolênico (3%) Uma das características químicas mais importantes deste óleo é a sua poli-insaturação, a qual condiciona a presença de baixo conteúdo de colesterol, que é uma substância nociva ao organismo humano . Como óleo industrial, ele oferece potencialidades para muitos usos, sendo empregado na fabricação de tintas, esmaltes, sabões etc. o índice de iodo é de 135, o que o classifica no grupo dos ácidos graxos semi-secativos . A torta das sementes, que é um subproduto da indústria de óleo, possui cerca de 35% de proteína e é muito usada na alimentação de ruminantes. A produção média de sementes por hectare situa-se em torno de uma a três toneladas de acordo com a tecnologia empregada. É uma planta da família Compositae, que apresenta caule ereto, ramificado, com 80 cm a 150 cm de altura, de ramos pubescentes ou glabros com ciclo vegetativo em torno de 140 dias . O sistema radicular é bastante desenvolvido, pivotante, e atingindo 100 cm de profundidade.

Fonte: oleodecartamo.com.br/

Benefícios do Óleo de Cártamo

-Acelerador Metabólico

-Inibidor natural da LPL* (enzima *Lipase Lipoprotéica responsável pelo aumento das células de gordura no corpo).

-Promove Lipase obrigando o corpo a usar sua própria gordura como fonte de energia.

-Acelera o Metabolismo e promove uma maior combustão da Gordura.

-Ajuda na diluição dos Lipídeos, redução da Celulite e da Gordura Localizada.

-Diminui as taxas de Colesterol, potencializa o sistema imunológico e tem propriedades anti-inflamatórias.